segunda-feira, 5 de outubro de 2009

O Olhar

É engraçado como muito do que chamamos de problemas nasce em nossos próprios olhos. Explico: Nosso olhar, nossa atitude diante das coisas, determina nossa interpretação dos fatos e, em seguida, nossa resposta a eles.

Se os olhos forem bons, boa parte do que seria diagnosticado como problema vira simplesmente fato da vida, coisa corriqueira, e deixa de vir pra dentro como um problema, como peso e treva.

Jesus relacionou a qualidade do olhar – um olhar bom – ao corpo cheio de luz. E a Luz, além de nos permitir ver as coisas de forma mais clara, não pesa.

O olhar ruim gera toda sorte de processos mentais adoecidos e reações de compensação e neuroses, além de não nos permitir usufruir da vida de maneira mais alegre e completa. Traz muito sofrimento desnecessário pra nós e pra quem está a nossa volta.

Cuide pra que teu olhar seja bom, e a vida ficará incomensuravelmente mais leve!

Otto

Curitiba - Paraná

2 comentários:

Claudia disse...

Seu texto me fez lembrar um trecho de um poema do Fernado Pessoa que diz: "..porque sou do tamanho daquilo que vejo e não do tamanho da minha altura".
Muito bom.
Beijos,
cacau

henrique carlo farina disse...

Fala Otto, um post muito bom após um longo silêncio, e eu vendo o post só um mês depois... Um olhar bom exige esperança?

Um grande abraço! Saudades de nossas conversas sem fim...
Farina